Guarujá é celeiro de grandes campeões do esporte

Talentos em modalidades como surfe, jiu-jitsu e ginástica rítmica são destaques

Deivid Silva, Kelvin Hoefler, Eduardo Motta, integrante da Vila Souza/ Seela e Rogério Almeida

Entre os campeões revelados pela cidade estão Eduardo Motta, de 13 anos, que recebeu o título paulista, por antecipação, na 3ª etapa do Hang Loose Surf Attack, ao terminar em quarto lugar na final, na Praia de Pitangueiras. Outro talento é o morador da Prainha Branca, Deivid Silva, de 20 anos, que em julho foi bicampeão sul-americano Pro Junior (sub-20) de Surfe, realizado nas ondas da praia de San Bartolo, no Peru.

Mais que um esporte, o skate tornou-se um estilo de vida. Na modalidade, o guarujaense Kelvin Hoefler conquistou a primeira colocação nas categorias Skateboard Street e Skateboard Streetstyleo, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Além de esportes radicais, a Pérola do Atlântico incentiva atletas de artes marciais, como o jiu-jitsu. A luta criada no Brasil e mundialmente famosa é mais uma oportunidade de levar o nome do Guarujá ao local mais alto do pódio. Um dos destaques é Rogério Almeida, que conquistou o título mundial de Jiu-Jitsu Esportivo, na faixa marrom, no Pacaembu, em São Paulo.

Com técnicas de movimentos e terapia respiratória de relaxamento e dança, a ginástica rítmica surge como mais uma modalidade esportiva que ganha notoriedade no município do litoral sul paulista. Com foco nos Jogos Abertos do Interior, a equipe Vila Souza/Seela obteve, na 59º edição dos Jogos Regionais, em São Bernardo, a quarta colocação no ranking geral da Ginástica Rítmica Desportiva (GRD) até 14 anos.

“O Guarujá Convention Visitors & Bureau trabalha com o slogan ‘Viva o Guarujá o ano todo!‘ e reconhece a importância de favorecer o esporte na cidade como um caminho de sucesso para atrair um grande fluxo de visitantes, independentemente do segmento de sol e praia”, comenta João Carlos Pollak, presidente do Guarujá Convention Visitors & Bureau (GCVB).

Attachment

Leave a Comment