105 Anos de Nascimento de Vinicius de Moraes

“Diploma Vinícius de Moraes”

Comemoração aos 105 anos de nascimento de Vinicius de Moraes

 

Nascia no Rio de Janeiro, há 105 atrás, o homem que encantou o mundo com suas poesias, seu amor à vida e às mulheres.

Vinicius de Moraes foi poeta, dramaturgo, escritor, compositor, diplomata, jornalista, crítico de cinema e um eterno boêmio. Em 1939, lança o soneto mais reconhecido em seu legado
Soneto de Fidelidade.

Premiação

E assim, na noite de ontem, 27 de novembro, São Paulo homenageou este lendário poeta brasileiro VINICIUS DE MORAES pelo seu nascimento.

ACLASP – Academia de Ciências Letras e Artes de São Paulo – foi a responsável pela  noite de homenagem à Cultura brasileira, comemorando o nascimento do poeta através da presença da sua neta, Mariana de Moraes,  e sua nora Vera Valdez.

A Academia identificou e entregou o “Diploma Vinícius de Moraes” a cinquenta personalidades da Cultura Brasileira, em reconhecimento aos que com fé e coragem cultuam os mais elevados ideais de nacionalidade e fraternidade humana.

Entre os homenageados, o jovem tenor Jean William,  descoberto pelo maestro João Carlos Martins, lembrou Vinicius com “Se todos fossem iguais a você”.

E, também, a cantora mezzo soprano Adryana Ribeiro, cantou a capela ao lado de Mariana e Valdez, a icônica “Garota de Ipanema”.

A atriz televisiva Leona Cavalli declamou uma poesia de Vinicius e a apresentadora Nadja Haddad enalteceu, também,  as obras do poeta. 

A festa foi testemunhada e embelezada pelas obras plasticas dos Artistas da Mostra “Arte para Todos”, no Espacio Uruguay, que sediou o evento.

Imagens: Claudia Lopes

Sobre Mariana de Moraes

Esquerda Marina  de Moraes com Leona Cavalli e sua mãe Vera Valdez 

Neta de Vinícius de Moraes, sobrinha de Luíza Barreto Leite e filha do fotógrafo Pedro de Moraes e da atriz Vera Valdez.

Aos 5 anos, fez uma pequena participação no filme Anchieta, José do Brasil, de Paulo César Saraceni, e aos 11, de Luz del Fuego, de David Neves.

Em 1986, protagonizou o filme Fulaninha, de David Neves, que a tornou famosa. No mesmo ano, foi considerada a “musa do verão”.

Sobre Vera Valdez

Direita Vera Valdez ao lado da filha Mariana e Zaine Assaf ao centro

 

Filha de diplomatas,  foi modelo de Christian Dior e desfilou para a estilista Coco Chanel.

No Brasil, modelou para grandiosos nomes da alta-costura brasileira, como Dener.

Engajou-se no teatro, tornando-se amiga da atriz Cacilda Becker, e participou de produções do cinema como O Homem Nu e  As Cariocas.

Casou-se com Pedro de Moraes,  filho de Vinicius de Moraes e tornou-se mãe de Mariana de Moraes.

Em 2009 participou da minissérie da Rede GloboSom & Fúria e realizou, no Rio de Janeiro, a exposição Vera Valdez – O Sol da Maison, com imagens de sua trajetória como modelo.

Agradecimentos às parcerias 

Congratulações

Parabéns aos idealizadores da premiação Zaine Assaf e Roberto Ferrari e, também, aos integrantes da mesa Mariana de Moraes, Vera Valdez, Advogada Marly Lamarca,   Promotora Eliana Passarelli, o jovem tenor Jean William.

 

Leia também: Jean William canta Verdi e Gounod em

 

 

 

 

About Author

Uiara Zagolin

Escritora, tradutora, colunista social e membro da FEBRACOS Federação Brasileira dos Colunistas Sociais

Attachment

jean william-zaine assaf-foto claudia lopez-uiara zagolin